SERVIÇOS

CULTURA DE SEGURANÇA DE ALIMENTOS

O que é Cultura da Segurança dos Alimentos?

Especialização não é detalhe.É tudo.

Conforme a GFSI, a Global Food Safety Initiative, é “Cultura de Segurança de Alimentos corresponde aos valores compartilhados, crenças e normas que afetam a mentalidade e o comportamento em relação à segurança de alimentos, em toda a organização”.

Consiste em agregar ao lado técnico todo um cabedal de conhecimento das ciências humanas, com o objetivo de integrar a Segurança de Alimentos como um valor para a organização, criando condições técnicas e motivacionais para que esse valor seja incorporado, perpetuado e amadurecido continuamente pela organização.

Pioneirismo da Food Design na Cultura da Segurança dos Alimentos

A Food Design se especializou durante anos para fornecer as melhores ferramentas técnicas & comportamentais para assessorar as empresas desde o diagnóstico, implementação ou melhoria, até chegar à perpetuação da Cultura de Segurança de Alimentos como um valor compartilhado pela  organização.

Reconhecimento

O maior reconhecimento do know how da Food Design nessa área foi a seleção de membro da Food Design como o único representante da América do Sul para o Grupo de Trabalho de Cultura de Segurança dos Alimentos da GFSI (para saber sobre a GFSI -veja mais abaixo).

Esse grupo concluiu primeiramente que não se deveria criar uma norma, pois as culturas das empresas não devem ser “engessadas” por padrões, como se faz na área técnica. A seguir, trabalhou durante dois anos para consensar e descrever as bases globais para a Cultura de Segurança dos Alimentos, contando com apoio da Dra. Ellen Lopes em todas as reuniões e estudos. Dra. Ellen por sua vez contou com o apoio da Dra. Rose Mary Lopes na retaguarda acadêmica. Dra. Rose é Ph.D. em Psicologia Social pela USP, e tem fornecido um robusto apoio teórico científico para consolidação do trabalho de Cultura de Segurança de Alimentos da Food Design.

Linha do tempo

Já na década de 90, a Food Design começou a aliar o lado comportamental à Segurança dos Alimentos, validando em 2001 sua 1ª metodologia de diagnóstico.

Em 2004, a Food Design passou a agregar a esse trabalho a forte fundamentação teórica oriunda da Psicologia Social e Cultura Organizacional aportada por Dra. Rose Mary A. Lopes, Ph.D. pela USP.

O ano de 2013 foi ano de upgrade, em trabalho piloto realizado e validado a pedido da Coca Cola Brasil, com a criação metodologia até então inédita.

Em 2019, a Food Design, atendendo à demanda de um grande cliente, estará finalizando em março a expansão desse trabalho de Cultura para Sistemas de Gestão Integrados (em inglês SHE ou QSE – Qualidade e Segurança de Alimentos +  Saúde e Segurança e do Trabalhador + Gestão de Meio Ambiente).

Mas certificar em norma de gestão de segurança de alimentos não é suficiente?

As ferramentas técnicas, essenciais para a Segurança de Alimentos, mesmo as mais avançadas, nem sempre têm o poder de engajar as equipes nos comportamentos adequados, comportamentos esses que vão desde um simples “lavar as mãos” até comportamentos mais complexos, como o de um gestor decidir se prioriza a produtividade ou a Segurança dos Alimentos. Tanto isso é verdade, que a maioria dos casos de recall de alimentos têm na sua origem, causas comportamentais.

E a certificação? A certificação produz, sim, melhoria dos resultados, através de treinamentos que induzem mudanças no comportamento dos envolvidos. Mas é relativamente comum que esta mudança comportamental não se sustente, ou não seja internalizada por uma parte, maior ou menor da equipe, levando a riscos inaceitáveis para a segurança de alimentos.

Em 2019, a Food Design, atendendo à demanda de um grande cliente, estará finalizando em março a expansão desse trabalho de Cultura para Sistemas de Gestão Integrados (em inglês SHE ou QSE – Qualidade e Segurança de Alimentos +  Saúde e Segurança e do Trabalhador + Gestão de Meio Ambiente).

Vantagens da Cultura de Segurança de Alimentos

  • Perenizar Segurança de Alimentos como valor compartilhado na organização
  • Conseguir maior adesão aos comportamentos esperados
  • Diminuir riscos de recall
  • Diminuir necessidade de supervisão
  • Facilitar a implementação, manutenção e robustez dos Sistemas de Gestão de Segurança de Alimentos

Quais serviços a Food Design oferece?

Oferecemos três níveis de trabalhos:

  • Level Excellency

Trabalho de médio a longo prazo, com elevada robustez e consistência, com moderna metodologia participativa e ações de co-criação.

Fases do trabalho:

1) Sensibilização
2) Diagnóstico com Metodologia Food Design FD.360.
Objetivo: não só detectar fatores visíveis, como fatores “invisíveis”, como fatores sócio-comportamentais e crenças limitantes, desde a Alta Direção até nível dos colaboradores.
3) Consultoria para Desenvolvimento de um Programa para Cultura de Segurança de Alimentos, apoiando desde a revisão das diretrizes estratégicas, até plano de comunicação, plano de educação técnica & comportamental e planos de elementos sócio culturais de apoio.
4) Cursos, workshops, oficinas de trabalho e ou treinamentos técnicos e ou comportamentais.
5) Consultoria para desenvolvimento e ou revisão de métricas e mensurações.
6) Consultoria para acompanhamento da implementação
7) Coaching para gestores ou equipes de gestores, ou ESA (Equipe Multidisciplinar de Segurança de Alimentos)
8) Avaliações periódicas e ações de ajustes.

  • Level Intemediate

Trabalho de curto a médio prazo, focado na sensibilização, conscientização e ferramentas e material de apoio para atuação mais imediata a nível gerencial/ supervisores

Fases do trabalho:

1) Visita e reunião para captação de percepção geral
2) Desenvolvimento de Workshop customizado de 3 dias para o nível gerencial/ supervisores
3) Aplicação do Workshop customizado para o nível gerencial/ supervisores

- Outros apoios via consultoria, treinamentos e coaching podem ser oferecidos.

  • Level Fudamental

Trabalho de mais curto prazo, focado na sensibilização, conscientização e ferramentas e material de apoio para atuação mais imediata a nível gerencial/ supervisores

Fases do trabalho:
Workshop padrão de 2 dias para o nível gerencial/ supervisores

Tradução livro Cultura da Segurança dos Alimentos

Em 2008 a Dra Ellen Lopes assistiu a palestra de Frank Yiannas durante Conferência da GFSI em Barcelona, e imediatamente percebeu enorme similaridade na linha de raciocínio de Frank, que na ocasião trabalhava no Walmart. Ellen pediu autorização para a tradução e a Food Design realizou a impressão. Quer conhecer esse livro? Clique aqui.
Foto Ellen e Frank

* GSFI – Global Food Safety Initiative?

“A Iniciativa Global de Segurança Alimentar (GFSI) é uma organização privada que desenvolveu um esquema para padronizar padrões de segurança de alimentos do campo à mesa. É focada na melhoria contínua dos sistemas de gestão de segurança de alimentos visando garantir a confiança na entrega de alimentos seguros aos consumidores em todo o mundo. A GFSI fornece uma plataforma para colaboração entre alguns dos maiores especialistas em segurança alimentar do mundo, de empresas varejistas, fabricantes e de serviços alimentícios, provedores de serviços associados à cadeia de suprimento de alimentos, organizações internacionais, academia e governo

FALE COM NOSSOS CONSULTORES